Ala majoritária do PT defende que governadores do NE sejam principal oposição a Bolsonaro

Os novos ataques de Jair Bolsonaro aos governadores do Nordeste dão combustível à estratégia da esquerda de transformá-los no principal núcleo de oposição ao governo federal. Em documento interno, a corrente majoritária do PT diz que o recém-criado consórcio dos governadores da região deve ser apoiado “com entusiasmo”. “São os principais depositários do extraordinário legado de desenvolvimento com justiça social do período em que governamos o país”, diz o texto.

O documento da ala Construindo um Novo Brasil, que será discutido no congresso do PT em novembro, defende aliança contra Bolsonaro mais ecumênica até do que com a centro-esquerda, unindo “todos os que acreditam na democracia”.

Até ao evitar a polêmica os governadores combinaram. “Tenho muito trabalho a fazer”, disse Rui Costa (PT-BA). “Precisamos de união e de paz”, afirmou Flávio Dino (PCdoB-MA).

Na quarta (7), líderes de esquerda se reúnem em Brasília. “Debateremos uma estratégia parlamentar e política contra os ataques de Bolsonaro à democracia e aos direitos sociais”, diz Juliano Medeiros (PSOL).

 

Fonte: Folha de São Paulo