Camaçari adere à plataforma educacional Edukatu

Camaçari conta com mais uma plataforma educacional, o Edukatu. Para lançar essa parceria entre a Secretaria de Educação (Seduc) e o Instituto Akatu foi realizado nesta quarta-feira (11), uma apresentação para os gestores e vice-gestores sobre projeto que promove uma rede de aprendizagem para o consumo consciente, no auditório da Secretaria de Governo (Segov).

A plataforma é totalmente gratuita, com adesão voluntária e nela é disponibilizada uma série de materiais, planos de aulas, vídeos, jogos, de educação ambiental, sustentabilidade e consumo consciente. O trabalho é realizado em circuitos e Camaçari decidiu trabalhar com resíduos, avaliação do ciclo de vida e objetivos do desenvolvimento sustentável.

Na oportunidade, o coordenador de Projetos Educacionais do Instituto Akatu, Raphael Borella, apresentou o que é a iniciativa para o público presente. “Esse é um projeto que pode agregar enquanto educador, pensando em 2020. Aqui, percebemos uma rede bastante engajada, chamou muita nossa atenção a quantidade de projetos que vocês já desenvolvem no município, projetos que já consideram o uso da tecnologia, que para gente é muito importante”.

A apresentação sobre sustentabilidade, consumo consciente e resíduos ficou por conta do Educador Ambiental Regional, André Melo, que geralmente acompanha as ações nas escolas. Na plataforma, existe o ambiente para o professor e para o aluno, e o conteúdo trabalhado é decidido pelo educador.

A educação ambiental já é tema de trabalho no Centro Educacional Darcy Ribeiro, em Barra do Jacuípe, que neste e no último ano, desenvolveu aulas com materiais reciclados, como árvores de natal feita com CDs, pirâmides do Egito com papelão, e dentre outros, de reaproveitamento de alimentos. O gestor da unidade, Manoel Palma, destacou a diferença que a plataforma vai proporcionar, “vai facilitar o trabalho da gente. Porque quando você tem uma ferramenta tecnológica que é atrativa para os meninos, fica muito mais fácil para eles absorverem esse tipo de conhecimento”.

Em Catu de Abrantes, a Escola Municipal que leva o nome da localidade, envolveu a comunidade acerca da sustentabilidade e ainda incluiu o tema na política da unidade, para ser trabalhado em todos os anos. A adesão à plataforma também foi comemorada pela gestora, Karen Samano, “dá um suporte maior para gente ter uma ferramenta a mais para dar continuidade aos anos que vão vir”.

Edukatu é a primeira plataforma gratuita de sustentabilidade e educação ambiental do país. É desenvolvida pelo Instituto Akatu com apoio da Braskem. Com quase 50 mil usuários cadastrados, Camaçari é a 31ª secretaria parceira. 

Fonte: Assessoria de Comunicação – Prefeitura de Camaçari – Foto: Tiago Pacheco