Camaçari: Educar pra Valer realiza visita técnica na Escola Municipal Joana Angélica

Com o início do Programa Educar pra Valer em Camaçari, diversas atividades estão sendo desenvolvidas. Na tarde da terça-feira (27/8), ocorreu uma visita técnica na Escola Municipal Joana Angélica, no bairro do Mangueiral, com os parceiros da iniciativa para ver na prática o que está acontecendo e o que foi planejado.

Essa é uma pauta prioritária do prefeito Elinaldo Araújo, que vem acompanhando de perto as ações do programa no município, para melhorar a aprendizagem das crianças. “Vamos dando passos importantes na educação. Com os Chromebooks, que é uma inovação, fizemos um investimento de R$ 2,8 milhões na plataforma, que começou em 15 escolas, mas vai chegar a todas em março do próximo ano”, afirmou o gestor municipal na segunda sala de multimeios que conta com a estrutura.

Logo na entrada, tinha uma amostra dos materiais que foram entregues pela Prefeitura e pensados pela escola para ofertar melhores condições para os estudantes. Entre os itens, havia fardamentos completos, incluindo mochilas e tênis, caderno de atividades, agenda escolar, caderno de planejamento, livros de língua portuguesa e matemática, kit volta às aulas, o Referencial Comum Curricular dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental e informativo com as regras de convivência da escola.

O coordenador Nacional do Educar pra Valer, Veveu Arruda, falou sobre a implantação do programa em Camaçari. “Para nós tem sido uma experiência positiva, porque os compromissos firmados em relação ao objetivo principal, que é o esforço para melhorar a alfabetização, foram feitos. Estamos animados com o que estamos presenciando, com o esforço que vem sendo feito por todos”.

A gestora da escola, Joelma da Silva dos Santos, destacou as atividades extracurriculares que são realizadas na unidade, que são as aulas de música, através do Mais Música na Escola; de karatê e dança, em parceria com a Cidade do Saber; e do Plano de Intervenção Pedagógica, que promove reforço escolar para 150 alunos, dos 266 do 1º ao 5º ano. Ela ainda pontuou o trabalho pedagógico forte e a parceria escola-família, que tem participação expressiva.

“É preciso pensar que o que ocorre aqui nessa escola em termo de prática pedagógica é um fluxo inspirador para as 102 unidades. Então existem várias unidades escolares com propostas pedagógicas exemplares. Nossa parceria com o Educar pra Valer vem resultando em muitos impactos positivos para a educação, primeiro por ter uma sinergia com o nosso programa Mais e Melhor Educação, que tem no seu centro que todos os alunos precisam aprender”, afirmou a secretária de Educação, Neurilene Martins.

Em forma de música, com uma paródia da canção “Meu Abrigo”, os alunos do 2º ano destacaram o que tem de bom no município. “Tenho escola boa com estrutura para estudar. Aprendendo coisas novas, tenho que aproveitar (…). Você é a razão da minha felicidade. Não vá dizer que Camaçari não é a melhor cidade”, cantavam os estudantes.

“Acho que a escola é referência para Camaçari, uma das melhores escolas. Sinto diferença na aprendizagem, em tudo, como a educação e o respeito pelo próximo”, afirmou a avó e responsável de uma das alunas, Raimunda Nonata, 54 anos, que é sempre ativa na unidade. A estudante do 5º ano, Kathely dos Santos Silva, 10 anos, leu para os presentes a poesia feita pela colega Isabele Coutinho, sobre o município.

A diretora de Educação da Fundação Lemann, que é apoiadora do programa, Camila Pereira, falou diretamente com os estudantes sobre a ação. “É para que cada um nessa sala possa aprender o máximo, realizar todo o potencial, que vejo no olhinho de cada um aqui, de um futuro incrível pela frente. E que vocês possam ter na escola pública na cidade de vocês essa oportunidade de aprender muito para ir cada vez mais longe, até onde vocês quiserem e sonharem”.

Ainda estavam presentes a equipe técnica da Secretaria de Educação (Seduc) e da presidente do Conselho Municipal de Educação, Lenieverson Nascimento.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação – Prefeitura de Camaçari – Fotos: Tiago Pacheco