Davi Alcolumbre é o princial articulador do governo no Senado

O esforço para viabilizar a aprovação de Eduardo Bolsonaro à embaixada do Brasil nos EUA fez de Davi Alcolumbre (DEM-AP) o principal articulador do governo no Senado.

Segundo dirigentes de partidos, o Planalto deu “todos os instrumentos” para que o presidente da Casa possa negociar com as bancadas. Ao contrário do que houve na Câmara, a liberação de cargos não está condicionada à reforma da Previdência. Com os senadores, as conversas giram em torno de votos a favor do 03.

A proximidade do presidente do Senado com os planos da família Bolsonaro passou a incomodar governadores de centro e centro-direita que apoiaram sua eleição para o comando da Casa.

Alguns têm chamado Alcolumbre de “vice-presidente de fato”, numa ironia ao tamanho dos poderes que Jair Bolsonaro delegou ao democrata.

Segundo dirigentes de partidos ouvidos pelo Painel, o presidente do Senado tem feito conversas individuais com senadores do centrão. Nesses encontros, explica que a indicação de Eduardo tornou-se questão central para o governo e indaga sobre demandas que poderiam ser levadas ao Planalto.

No Senado, a reforma da Previdência é vista como um não problema. A aprovação do texto está precificada. O foco mesmo de atuação do governo é a indicação do filho mais novo do presidente a embaixador.

 

Fonte: Folha de São Paulo