Em convenção para reafirmar independência, DEM dirá que país ‘não pode parar’

O DEM, partido dos presidentes da Câmara e do Senado, faz sua convenção nacional nesta quinta (30) disposto a emitir uma série de recados internos. Sob o mote “O Brasil não pode parar”, a sigla vai reafirmar compromisso com as reformas “independentemente do governo”.

A direção da legenda quer deixar claro que o DEM não é nem linha auxiliar do bolsonarismo nem de grupos fisiológicos.

A ideia é rechaçar o patrulhamento das hordas governistas e também o carimbo dos que vendem dificuldade para ter facilidade.

 

Fonte: Painel – Folha de São Paulo