Esquerda tem ‘expectativa positiva’ com novo PGR

O chamado campo da esquerda, ao que se apurou, tem expectativa positiva, na área criminal, sobre Augusto Aras – que, por 68 votos a 10, tornou-se ontem o novo PGR.

“Esperamos que ele faça mudanças significativas”, resume Humberto Costa, líder do PT. Aras não é tido como “lavajatista” e já sinalizou ao Senado que pretende “corrigir excessos” da operação.

Já na pauta dos costumes – direitos humanos, diversidade –, o petismo e seus aliados não esperam avanços. Para Costa, “nesse aspecto, ele não vai fazer diferença”.

Mais alinhado a Bolsonaro do que sua antecessora Raquel Dodge, Aras teve seis encontros com o presidente antes de ser o nome escolhido.

 

Fonte: O Estado de São Paulo