Fórum debate perfil e direitos da população em situação de rua em Camaçari

A Prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes), realizou nesta quarta-feira (21), o Primeiro Fórum Municipal População em Situação de Rua. O evento em alusão ao 19 de agosto, Dia Nacional de Luta da População de Rua, teve como objetivo ampliar a discussão sobre os direitos garantidos a pessoas que tem a rua como local de moradia, além de fortalecer as políticas públicas socioassistenciais em rede e promover a garantia dos direitos para estas pessoas.

Para abrir o evento, a equipe técnica do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop) preparou, junto com os assistidos pela unidade, uma apresentação cultural. Logo em seguida, a coordenadora do Centro Pop, Isabela Macedo, falou sobre o objetivo do evento e apresentou o perfil desse público em situação de rua no município. “O tema que vamos abordar aqui hoje não é muito debatido. Essa é a primeira vez na história que Camaçari reúne pessoas, autoridades, para falar sobre a população de rua. Mas, como vocês acabaram de ver, eles são capacitados, muitos têm profissão, eles só precisam de espaços. Atualmente, nós temos 186 pessoas cadastradas no Centro Pop, sendo que 46 são atendidas diariamente. 93% dessas pessoas estão em idade produtiva”, salientou.

Na ocasião, a gestora da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes), Andréa Montenegro, falou um pouco das ações que a pasta vem desenvolvendo para garantir esses direitos para a população de rua. “Desde que eu assumi a pasta, os desafios têm sido muitos, principalmente no que diz respeito ao meu compromisso com o próximo, em pensar dias melhores para as pessoas. E a população de rua tem espaço nesse contexto. Já estamos em processo para implantação da Casa de Passagem para adultos e suas famílias, mudamos e melhoramos a sede do Centro Pop, entregamos a Cesta de Páscoa às pessoas acompanhadas pelo Centro Pop. Além disso, temos levado os serviços até lá para que esse público tenha acesso. E seguiremos avançando muito mais”, enfatizou.

No encontro, foram apresentadas palestras com temas como: “Quem é a população em Situação de Rua?”, com a coordenadora de Proteção Social Especial do Estado, Márcia Santos, e “Quais os direitos da população em situação de rua?”, com a promotora da 4ª Defensoria Pública do Estado e Coordenadora do Núcleo Pop Rua, Dra. Fabiana Miranda. 

Para Wellington Nascimento, 45 anos, assistido desde 2012 pelo Centro Pop, o encontro foi muito satisfatório. “Esse primeiro fórum aqui em Camaçari foi muito bom, muito importante. Ele não abre só a mente das pessoas, mas também traz a esperança para nós moradores de rua. Entre nós tem pessoas formadas, mas sem oportunidade. Discutir nossos direitos é procurar uma qualidade de vida muito melhor”, concluiu.

Para finalizar, houve um debate no qual o público presente pôde esclarecer dúvida acerca dos temas explanados, e um vídeo mostrando um pouco sobre o trabalho desenvolvido pelo Centro Pop.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação – Prefeitura de Camaçari – Fotos: Ascom/PMC