Indicação de Haddad pode minar pedido de registro de Lula

A indicação de Fernando Haddad (PT) a vice de Lula, com o reconhecimento público de que a vaga, na verdade, será de Manuela d’Ávila (PC do B), preocupa assessores do PT. Há o temor de que o acerto político fragilize de tal maneira a argumentação jurídica a favor do registro da candidatura do petista, hoje preso, que a ofensiva no Tribunal Superior Eleitoral ganhe ares de “causa fake”. Se o PT decidir ir à Justiça para garantir a presença de Haddad nos debates, dizem os auxiliares, pior ainda.

Quem acompanha com atenção a batalha jurídica pela candidatura de Lula diz que o PT precisa entender que os sinais públicos de que há um plano B tendem a tirar o peso do pedido de registro do ex-presidente.

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR), que esteve nesta segunda (6) com Lula, estava determinada a pedir que a equipe de advogados da sigla fosse à Justiça para garantir a presença de Haddad nos debates.

Sem uma definição, a assessoria de Lula pediu à direção da Band, nesta segunda (6), que, diante da negativa do TRF-4 à solicitação para que ele participe do primeiro debate, na quinta (9), o púlpito do PT fique vazio.

 

Fonte: Folha de São Paulo