Ouvidor da Prefeitura de Alagoinhas ameaça funcionários

O site Alagoinhas Hoje recebeu áudios que registram reunião entre o ouvidor da Prefeitura de Alagoinhas, David Correia Ribeiro (foto), ocupante de cargo de primeiro escalão, e colaboradores do setor, nos quais ele ameaça funcionários da Ouvidoria.

A data da reunião não foi informada, mas o conteúdo é grave, principalmente, para quem “vende” imagem pública de “bom moço”, ameno e educado. As gravações desmontam a personagem criada por David Ribeiro.

O discurso raivoso é um amontoado de tudo aquilo que não deveria acontecer no serviço público: assédio moral, pressão psicológica e abuso de poder, demonstrando desequilíbrio emocional na relação com aqueles que trabalham na Ouvidoria.

Segundo uma fonte do site Alagoinhas Hoje, que solicitou anonimato, o comportamento registrado nos áudios é corriqueiro e regra na gestão da Ouvidoria da Prefeitura de Alagoinhas desde o início do governo joaquinista.

Como uma pessoa tão desequilibrada pode exercer função pública relevante para a resolução de problemas da comunidade?

Na gravação, o ouvidor afirma que a população deve ser atendida cordialmente, revelando contradição com o tratamento dispensado aos servidores que trabalham com ele.

As falas de David Ribeiro, como registram os áudios, estão em desacordo com a cordialidade que ele cobra de sua equipe na relação entre o poder público e os cidadãos alagoinhenses.

Além de tratar das questões vinculadas à gestão da Ouvidoria, David Ribeiro afirma que o prefeito Joaquim Neto será reeleito em 2020 e que todos têm que trabalhar neste sentido.

Em outro trecho, David Ribeiro diz que será Ouvidor pelo menos até 31 de dezembro de 2020.

Ele usa espaço público e a estrutura da Ouvidoria para fazer campanha política, defendendo a reeleição do prefeito.

David Ribeiro pode ter ferido código de conduta que baliza o trabalho na área pública ao não separar gestão pública de campanha eleitoral.

Ouça os áudios: 

 

 

 

Fonte: Site Alagoinhas Hoje/Foto: Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Alagoinhas – Divulgação